Documentário Chicha, bebida mágica projectado na SEGIB

“Chicha: Bebida Mágica”, documentário do realizador equatoriano Fausto Hidalgo, foi projectado na sexta-feira, dia 12 de Junho, no conversatório da SEGIB.
 
A apresentação em Madrid contou com o apoio e a protecção da Secretaria-Geral Ibero-americana, a Embaixada do Equador, a Federação de Associações de Equatorianos em…

“Chicha: Bebida Mágica”, documentário do realizador equatoriano Fausto Hidalgo, foi projectado na sexta-feira, dia 12 de Junho, no conversatório da SEGIB.
 
A apresentação em Madrid contou com o apoio e a protecção da Secretaria-Geral Ibero-americana, a Embaixada do Equador, a Federação de Associações de Equatorianos em Espanha e a associação Pueblo Nuevo de Espanha.
 
A chicha é uma bebida alcoólica resultante sobretudo da fermentação não destilada do milho e de outros cereais originários da América. Como sintetizou Fausto Hidalgo, a chicha permite-nos “sentir os índios, falar da terra, do milho e da iúca, ver os cereais a amadurecer e as frutas a fermentar e aproximarmo-nos da serra e do oriente do Equador para penetrarmos nos costumes dos herdeiros do povo inca”.

O documentário reflecte parte da cosmovisão andina e, através da “chicha”, aproxima-nos da bebida sagrada dos deuses, da magia dos povos andinos, das suas festas, da sua religião e rituais.

 “Chicha: Bebida Mágica” faz parte de “Equador Profundo”, uma série de documentários que Hidalgo filmou com a ideia de projectar para o mundo aspectos da realidade ancestral e quotidiana do Equador.

Depois da projecção, iniciou-se um debate entre todos os assistentes, que foi moderado pelo chefe de Gabinete do Secretário-Geral Ibero-americano, Fernando García Casas, e no qual o realizador do documentário pôde explicar a riqueza decisiva que para ele representou percorrer o país durante dois anos para filmar estes documentários.

 

 

Veja todos os assuntos