Agenda detalhada/

13/ fevereiro 2018

Laboratório de Inovação Cidadã pela Paz e o Pós-conflito #LABICxlaPAZ

13 a 15 de fevereiro. Pasto, Nariño, Colombia.

labicxlapaz_banner_nariño_wp

Entre os dias 13 e 25 de fevereiro de 2018, a Alta Conselharia para o Pós-conflito da Presidência, a Governação de Nariño, a Secretaria-Geral Ibero-americana e Nansen Center for Peace and Dialogue, organizarão o Laboratório de Inovação Cidadã para o Pós-conflito, com o apoio da Agência Espanhola de Cooperação, entre outros. Será a primeira vez que a inovação cidadã e as soluções concretas que os cidadãos propuserem formem parte da construção da paz.

O Laboratório de Inovação Cidadã pela Paz e o Pós-conflito -LABICxlaPAZ-, terá lugar em uma das zonas mais castigadas pelo conflito que durante mais de 50 anos açoitou a Colômbia: a cidade de Pasto, no departamento de Nariño.

No Laboratório pela Paz participarão mais de cem pessoas da Colômbia e Argentina, Brasil, Chile, Equador, Espanha, Honduras, Itália, México, Noruega, Panamá, Peru, Portugal, Uruguai e Venezuela, junto a homens e mulheres diretamente afetados pelo conflito colombiano.

No LABICxlaPAZ serão desenvolvidos 10 projetos vinculados aos âmbitos prioritários do pós-conflito na Colômbia: direitos humanos, convivência, desenvolvimento local alternativo, cultura de paz e reconciliação.

Além disso, serão celebradas 15 conferências, encontros e cursos gratuitos abertos ao público com especialistas em processos de paz e inovação de todo o mundo.

OS PROJETOS

 

E DEPOIS…

Finalizado o Laboratório de Inovação pela Paz na Colômbia, os projetos serão apresentados em público para dar visibilidade às iniciativas e garantir a sua sustentabilidade e implementação em toda a Colômbia.

Pela primeira vez, os cidadãos da Colômbia e os de toda a Ibero-América terão contribuído com suas ideias inovadoras, trabalho conjunto e projetos à construção da paz na Colômbia.

O QUE FAZEMOS: INOVAÇÃO CIDADÃ EM 22 PAÍSES

A inovação cidadã é um processo de criação de propostas de baixo para cima, onde os cidadãos trabalham de forma colaborativa e através do uso da tecnologia, gerando soluções concretas a problemas sociais, políticos e culturais de sua comunidade.

A Secretaria-Geral Ibero-americana liderou nos últimos anos um processo de participação cidadã, fazendo possível que centenas de cidadãos de todos os países de Ibero-América possam trabalhar juntos desenvolvendo projetos inovadores para melhorar nossa sociedade.

Os laboratórios de Inovação Cidadã impulsionados pela SEGIB, são espaços para a experimentação, abertos e colaborativos, que congregam anualmente uma centena de pessoas procedentes de toda a Ibero-América, que durante 15 dias trabalham juntos em projetos inovadores para gerar protótipos de soluções tecnológicas.