Cooperação Ibero-Americana: conheça o Programa Bancos do Leite Humano

O Programa de Bancos de Leite Humano ibero-americanos apoia a implantação de Bancos de Leite Humano em cada país ibero-americano e são espaços para a troca de conhecimentos e tecnologia na área do aleitamento materno.

Cooperação Ibero-americana é o mecanismo através do qual os 22 países que conformam a Ibero-América plasmam os acordos e compromissos políticos assumidos pelos Chefes de Estado e de Governo Ibero-americanos nas Cúpulas em ações específicas.

Para consegui-lo, os governos participam em diferentes iniciativas e programas impulsionando temas relativos a cultura, coesão social e conhecimento, de acordo com suas prioridades nacionais, através da cooperação técnica e financeira, de forma horizontal.

IFF Banco de Leite Materno 15 - André Az
Em 2016 implementaram-se 37 novos Bancos do Leite Humano na região, dos quais beneficiaram-se mais de 290mil recém-nascidos.

Programa Ibero-Americano de Rede de Bancos de Leite Humano é um dos 29 programas de cooperação ibero-americana.

Foi aprovado na XVII Cúpula Ibero-Americana de Chefes de Estado e de Governo realizada no Chile em 2007 e tem como objetivo principal apoiar a implantação de, pelo menos, um Banco de Leite Humano em cada país ibero-americano e servir de espaço para a troca de conhecimentos e tecnologia na área do aleitamento materno, na luta pela redução da mortalidade infantil.

Atualmente once países participam no programa: Argentina, Bolivia, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Espanha, Panamá, Paraguai, Perú, Uruguai e Venezuela.

Veja todos os assuntos