Mobilidade Acadêmica Ibero-Americana/

Alianza para la movilidad

O marco ibero-americana de mobilidade acadêmica é a iniciativa de mobilidade e intercâmbio de estudantes, professores e pequisadores mais ambiciosa da região. Permite fomentar que possam realizar um periodo de estudos de educação superior, docencia ou pesquisa noutros países da Comunidade Ibero-Americana.

A iniciativa constitui um elemento fundamental para fortalecer a Comunidade Ibero-Americana e construir um espaço comúm do conhecimento. Além dos importantes beneficios academicos, sociais, e económicos que reporta, a mobilidade internacional de estudantes, professores e pesquisadores contribui a criar uma cidadania academica, e através dela, sentimentos de vinculação e pertença que trascendem o acadêmico para alcançar sociedades no seu conjunto.

O marco ibero-americano de mobilidade acadêmica articula-se em torno de três eixos fundamentais

01

A Aliança, a associação do setor público e do setor privado para conseguir os recursos que tornarão possível as mobilidades.

02

O Sistema Ibero-Americano de Mobilidade, o conjunto de programas, projetos e iniciativas de intercâmbio em torno de regras comuns.

03

A Plataforma Ibero-Americana de Mobilidade, o instrumento que irá proporcionar informação, coordenar e gerir os intercâmbios.

Preve-se que até o ano 2020 realizarão-se 200.000 mobilidades.

¿qual foi a sua origem?

A XXIV Cúpula Ibero-Americana (Veracruz, México, 8 e 9 de dezembro de 2014) acordou promover a mobilidade acadêmica de estudantes, professores e pesquisadores na Comunidade Ibero-Americana, encarregou a Secretaria-Geral Ibero-Americana e a Organização dos Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI) da sua promoção, em parceria com o Conselho Universitário Ibero-Americano (CUIB). Estas três instituições integram a Unidade Coordenadora do Espaço Ibero-Americano do Conhecimento.

contato

Félix García Lausín

Coordenador do Espaço Ibero-Americano de Conhecimento
Email: eic@segib.org
Tel. (+34) 91 590 1980